sábado, 9 de dezembro de 2017

Taxista e a peixeira

Durante um passeio pela cidade de Lisboa, uma senhora que
 vendia peixe na Praça da Ribeira, ia com  o seu filho
de 12 anos  de idade para casa. Como estava a chover apanharam 
 um táxi.
Dado que chuva era intensa, as  prostitutas, rameiras, meretrizes ou
 mulheres de meia-porta daquela área  abrigavam-se
 sob toldos e marquises dos comercios e  dos prédios.
- Mãe, disse o menino:
-O que todas essas senhoras estão a fazer aqui na rua?
- Elas estão esperar os seus maridos, que  saíam do trabalho.
O taxista  vira-se para trás e diz:
-Pelo amor de Deus, senhora, por que você não fala a verdade
 para o seu filho?
Elas são prostitutas. Elas fazem sexo com homens por  dinheiro
Os olhos do menino  arregalam-se e ele pergunta:
- É verdade, mãe?
 A mãe, olhando fulminantemente para o taxista, balança a cabeça
 afirmando a resposta.
Depois de alguns minutos, o garoto pergunta:
- Mãe, se  elas dão umas quecas, podem engravidar  e terem  filhos!
"Bem, os  filhos delas,  geralmente acabam por ser  táxistas!...
Nota:
Não  te metas com mulheres  no  que respeita ao foro sexual e em
 especial com peixeiras, podes ter  surpresas com onomásticos pouco
agradáveis!...




Bebidas abordo de um avião

Um muçulmano durante o período do Ramadão senta-se junto
 a um transmontano no voo Lisboa - Funchal.
Quando o avião já vai estabilizado  uma hospedeira começa
 a servir as bebidas aos passageiros.
O Transmontano de nome  Leafar pede de preferência um copo
de vinho  de Mateus Rosé, por ser um dos melhores vinhos da
 sua região.
A hospedeira depois de servir o vinho ao transmontano pergunta
ao muçulmano se quer beber alguma alcoólica.
Responde este com ar quase ofendido:
Prefiro ser raptado e violado selvaticamente por uma dezena de
 mulheres  nuas do que uma gota de álcool toque os meus lábios.
O transmontano  quase que se engasgou,ao ouvir aquela resposta.
 devolve rapidamente o copo de Tinto à hospedeira e diz:
- Eu também prefiro isso. Mas não sabia é que se podia escolher!.

O que é o sexo afinal?

Segundo os médicos
é uma doença, porque acaba sempre na cama.
Segundo os advogados
é uma injustiça, porque há sempre um que fica por baixo.
Segundo os alentejanos
é uma máquina perfeita, porque é a única em que se trabalha
 deitado.
Segundo os arquitectos
é um erro de projecto, porque a área de lazer fica muito 
próxima da área de saneamento.
Segundo os políticos
é um acto de democracia perfeito, porque todos gozam
independentemente da posição.
Segundo os economistas
é um efeito perverso, porque entra mais do que sai. Às vezes, 
nem se sabe bem o que é activo, passivo, ou se há valor 
acrescentado.

Dois alentejanos zangados

Dois alentejanos,  estavam zangados há muito tempo, quando
passam um pelo outro num caminho, o que  leva um bovino à frente.
Diz o outro:
 Antão, vais passear o boi?
O outro, muito admirado:
- Antão essa  agora, compadre! A gente não se fala há tanto tempo,
 e vem agora  com conversas! Além do mais enganou-se isto
não é um boi, é uma vaca.
Resposta do primeiro:
- Ê cá não falei consigo. falei com a vaca.

Conversas entre dois compadres alentejanos


Dois alentejanos passeiam numa rua da Vidigueira, quando
 reparam.numa bonita rapariga, que caminha em direcção a eles.
Diz um para o outro:
- Vê só isto, compadre! Essa moça traz vestidas as cuecas da tua mãe!
- Não me lixes, compadre, que isso não é possível, que ela nem sequer
 conhece a MINHA mãe!
- Claro que sim... aposto 10 euros que traz vestidas as cuecas da
 tua mãe! Pergunte-lhe e logo verás...
- Desculpe, menina... De quem são as cuecas que traz vestidas?
- São as cuecas da puta que o pariu !...
- Ê ou não verdade aquilo que eu  disse, compadre

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

O joãozinho continua com as suas malandrices

Numa sala de aulas, uma professora de ciências pergunta aos
 alunos:
 - Crianças, se vocês pudessem ter um mineral, qual seria?
Carlinhos responde:
- Eu escolheria o ouro. Vale muito dinheiro e  poderia comprar
 uma Ferrari".
 Pedrinho diz:
- Eu gostaria de ter platina, porque vale mais que o ouro e eu
 poderia comprar uma  bonita vivenda e um Porsche".
A professora diz:
- E você, Joãozinho, o que você escolheria?
Joãozinho responde:
- Eu gostaria de ter apenas muito silicone.
- Mas porquê silicone?, perguntou a professora
- Bem, minha mãe é viúva e usa silicone, ela  já comprou  uma
  Grande vivenda  e tem sempre um Porsche e um  Ferrari na frente
 da nossa casa!....




Tragédias possíveis por engano nos números do telefone


Um indivíduo urbígena e urbícola de Lisboa a meio da tarde
, ligou para a esposa a fim de saber o que a esposa iria fazer 
para o jantar.
- Alô? - atende uma voz de criança uma menina com cinco
 anos.
- Olá, querida, é o papá. A mãe está aí perto do telefone?
- Não, papá, ela está lá em cima no quarto a falar com amigo
dela o senhor Leafar! Ele presumiu logo que estavam a fazer
 uma especial clinoterapia!
Após alguns segundos, o sujeito diz:
- Mas, querida, Quem é esse senhor Leafar?…
- É um senhor, amigo da manã que já  alguns tempos
 costuma vir cumprimentar-lá quando tu estás no teu
 trabalho!
- Está bem, então eu quero que faças o seguinte: sobe as
escadas a correr, bates na porta do quarto e grita para a
 mamã que o meu carro acabou de parar em frente à 
nossa casa…
- Está certo, papá, eu vou fazer isso.
Alguns minutos depois, a menina volta:
- Papá, eu já fiz o que tu mandaste...
- E o que aconteceu?
 -Eles saíram imediatamente do quarto, a mamã pulou da
 cama despida e começou a correr como uma louca a gritar, 
tropeçou no tapete e rolou pelas escadas e partiu um braço. 
 Agora acho que ela está no rez-do-chão desmaiada!...
 E o amigo dela saltou pela janela com a roupa na mão e 
depois saltou o muro que dá para o pinhal. e nunca mais
 o vi.
-Pinhal perto de minha casa!?
O seu numero de telefone  não é o 21311111021.
.Não!
Desculpa minha querida menina enganei-me no numero
 do telefone.
|